29/10/2010

amor de amigo



Ele é mais novo do que eu, cursa Psicologia. Um dos primeiros semestres, mas dá os melhores conselhos do mundo, ou ao menos os que eu espero ouvir. Ele é bonito, ele tem bom gosto (e bom senso também). Sabe aquela pessoa aberta e que parece que casa direitinho com você? Ele gosta de Bartô Galeno e Chicabana, Los Hermanos e Solteirões, Jovem Guarda e Natiruts, igual a mim.

Apesar de ter nascido e crescido na mesma cidade que eu, estamos mais próximos há quase um ano. De lá para cá já dividimos muitos momentos juntos. Eu disse que ele torce S.P.F.C? E que ele dançaaa demais, eu disse? Acho que dançar com ele é melhor do que qualquer terapia, eu me sinto leve, feliz, não há nada que me preocupe ou estresse.

Às vezes eu estou nervosa e ele me acalma, noutras é o contrário. Ele me fez entrar no twitter, eu o inspirei a criar um blog, até dei o título. Ele diz que me ama praticamente todos os dias. Meu amigo, meu irmão. Faz tanto tempo que a gente não toma umas juntos, tou morrendo de saudade *.*

Tinha a idéia de escrever sobre ele há um tempo, mas hoje não poderia deixar de fazê-lo, pois li um texto da Ailin Aleixo e imediatamente lembrei dele. Mais ou menos assim: 'É uma delícia ser surpreendida por comentários sarcásticos, respostas inusitadas. Não saber de cor e salteado o discurso do outro, as reações. Não existe nada mais agradável do que uma pessoa cuja companhia é, mesmo depois de muito tempo, surpreendente.'

E é assim que ele é, quanto mais sei sobre ele, mais gosto, mais me apaixono por ele. Ele corrige erros de Português como eu, ele é católico como eu, ele admira quem eu admiro, como Chico Xavier, por exemplo. Mas ele também é o meu contraste: eu prefiro mussarela e ele presunto, eu arroz e ele feijão, eu o dia e ele a noite, eu computador e ele notebook, eu Crocante e ele Alpino.

Uma vez me perguntaram que música eu ouvia e lembrava dele e eu respondi Garotos, do Kid Abelha. Para imitá-lo, que fechou um texto sobre mim com uma música, tou terminando também com a que escolhi, dizendo que talvez ele seja melhor do que os outros, e talvez, quem sabe, goste de mim. Talvez? Rs, eu sei meu bem. Eu sei que você me ama, e você sabe que eu amo você.

2 comentários:

Dani disse...

Que lindooo!! é tão bom encontrar no mundo alguém assim que nos completa, e não existe relaçao mais linda que uma amizade verdadeira!! Amei seu texto... :**

Lina :) disse...

Que dedicatória liinda! E super sincera! *--* Ele deve ter ficado muito feliz com o texto.
Beijos. :*

Quantos?