15/03/2010

2 meses

Eu fico esperando a meia-noite para riscar um dia no calendário. Ele é a razão do calendário riscado, do sorriso besta estampado, do pensamento longe e da taquicardia. Eu o quero cada vez mais.

Eu o amo. Sei disso. E não falo da boca para fora. Não sou do tipo de pessoa que fala por falar. Meu tempo é preciso, hoje sei. Eu o amo muito e não importa o quanto eu diga isso, parece não ser o suficiente. Eu sinto, demonstro, exponho. Não temo.

Eu entreguei logo o jogo. Disse dos meus sentimentos antes mesmo de me dar conta do quanto. Não sei pesar, nem tentarei. Só quero sentir isso, só quero amá-lo todos os dias, estando aqui ou no interior, pois sinto que ele está comigo e isso me faz feliz.

Nós conversamos esta semana. Nosso relacionamento está amadurecendo. Eu nem tou mais solteira :P

Lucas, obrigada por tudo!

4 comentários:

disse...

Haha, que fofo! Sorte pra vocês dois. Beijo.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
VITRAISAMARELOS


ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE LOVE STORY, CABALLO, LA CONQUISTA DE AMERICA CRISOL.

José
ramón...

Ariana disse...

Boa sorte pra vcs!
Que venha varios outros meses!

Bjoss

ps : Sumiu do meu blog! =/

bjo

Sofia disse...

blog tá diferente. o lay, o broche ali do lado, amei. tá diferente, mas um diferentef legal e ofo. parabéns pelo bom gosto :D

Quantos?