20/10/2009

domingo, 19 de fevereiro de 2006.

Há tanto para falar e eu aqui vagando sem plano algum, ao menos hoje. Preciso estar sempre organizada, traçando passos para nenhum sair tão errado quanto o necessário. Ler um pouco mais sobre as matérias da Faculdade e do Estágio, procurando esclarecer eventuais dúvidas. Gastar o básico e ter aquela reserva especial. Ver que os momentos que eu passo distante dos que mais amo também são valiosos, pelas surpresas que reservam, como a saudade que vem depois, reciclando idéias. Eu devia pensar em algo maior, mas tenho iniciativa proporcional ao tempo. Enquanto acumulo informações e experiências cabisbaixas, espero que o melhor venha depois. Que eu deixe de ser mera expectadora para protagonizar a minha VIDA.

Já consigo enxergar a minha LIBERDADE, apesar das léguas entre nós...

9 comentários:

Henrique Miné disse...

a liberdade sempre chega, até aqueles quem passam trinta anos na prisão.

pode demorar, mas uma hora chega, então, pra que se preocupar não é mesmo?

enfim, que bom que gostou do conto, logo logo, sai a segunda parte. =D

beeeeeeijos.

Marcelo Mayer disse...

obrigado pela visita em meu blogs
muito bom seu texto. sempre penso, quando mais liberdade temos, mais ficamos presa a ela. estranho isso, muito estranho...

voltarei sempre

bjs

Bill Falcão disse...

Bom, só de ver a liberdade, mesmo assim de longe, já é uma grande conquista, Pat!
Bjooooooo!!!!!!!!

Natália disse...

Pelo menos tu consegue ver uma pontinha dela... Pense: poderia ser pior. Beijos

Bruna Bianconi disse...

Se você pensa assim vai alcançar ;)

Erica Ferro disse...

O melhor virá! =)

Lindo texto.

Muito obrigada pela sua visita no meu blog. Fico feliz que tenha se identificado com o que escrevo. Volte sempre.
Sempre serás bem vinda.

Beijo.

Pitty que Pariu disse...

Reflexões sempre pertinentes em momentos de estafa: será que eu tô aproveitando a minha vida? Será que tô aproveitando o tempo que tenho para me dedicar às pessoas que amo? Nossa, muito a calhar!

Gabii disse...

Oiee so vim deixar beijinhos

Auíri Au disse...

Autora da sua propria história!
Que o final seja feliz...
Beijos

Quantos?