31/05/2009

O mundo é fake

Sabe-se que os sites de relacionamento e páginas pessoais estão lotados de fakes. Máscaras escondem a personalidade de quem as manipula, e Deus deve saber o que se passa nas cabecinhas que preferem expor rostos famosos, desenhos animados ou um perfil qualquer, mas diferente do seu. O mundo é fake. É falso. Impõe-te regras e vontades. Regras que você não quer cumprir, vontade que não é a sua (não até você ver a propaganda, rs!).

Convivo com pessoas que fingem sorrisos, que dão bom-dia à força, que não cedem lugar aos idosos. Fakes, fakes. Fui fake. Fui fake quando disse estar tudo bem, quando desabava. Fui fake permanecendo num lugar quando o que mais queria era sair dali correndo. Cumprimentando alguém que queria espancar. Quando calei e deveria falar, falar, falar.

Mas não sou anti-fakes e entendo a grande diferença entre alguém que se vale do anonimato para esculhambar tudo daqueles que simplesmente não querem aparecer - ou querem namorar, casar e ter filhos de brincadeirinha. Não vejo o menor problema em orkuteirosbloggersederivados que colocam identidade falsa (sem violar direitos à imagem, né gente?), mas que fundamentam seus pensamentos ou idéias similares ao de seu personagem/ídolo e SOBRETUDO respeitam a opinião alheia. Aliás, a eles, o meu respeito.

Pauta para o Blorkutando

12 comentários:

Rafael disse...

Eu sou um fake real.

Filipe Garcia disse...

É verdade, Patrícia.

O mundo é um fake. O mundo é um sofisma, também. Muitos parecem não levar as outras pessoas a sério e isso é lamentável. Conheço sérios e tristes casos envolvendo fakes.

Gostei daqui!

Beijo.

ma! =) disse...

O pior não é ser fake no Orkut, Msn ou Blog.. o pior é quando é na realidade.

Bill Falcão disse...

Assino embaixo, Pat!
E onde você arrumou esse novo template???
Bjoooooo!!!

Camila disse...

Mas na verdade as vezes PRECISAMOS ser fakes!...
Pra não passar a *tristeza* para outra pessoa..

Beijooo

Karen disse...

Ah, é verdade.
Concordo em gênero, número e grau.
O mundo é assim... eu mesma já parei pra pensar a respeito, e rodo rodo até chegar a conclusão de que o jeito, é começarmos por nós mesmos. É sermos alguém melhor, pra ver se conseguirmos aos pouquinhos, contaminar o mundo. Pena que nem tudo depende da nossa vontade, né?!
Ah, muuuuuuuito obrigado pelos elogios ao blog. Fico muito feliz *-*

Te adicionei aos blogs de leitura, então, voltarei sempre! beeijos :*

Menina Nina disse...

Concordo com o seu ponto de vista... fiz minha pauta para o Blokurtando hj tbm... mas, so vou publicar na quinta... tinha outras coisas para postar! O tema dessa semana foi ótimo!

Mayana Carvalho disse...

sim, o mundo é fake.
Muitos param em si, seguem no "ele", por acharem que que tudo é fake, que lidar com as pessoas e os sentimentos é fake. ¬¬

Beijos

Aline Romero disse...

Me reservo no direito de ser real, obrigada.
Pobre desses, fakes de sentimento e de alma.

Aline disse...

Com essa foto do Foo Fighters bem no começo, mal consegui me concentrar. Rs!

disse...

Eu tenho um fake no orkut. É um fake que uso para postar minhas histórias, porque tenho vergonha do que vão dizer quem me conhece se as lerem. Mas não uso imagens não-permitidas, não falo mal de ninguém, não prejudico ninguém e nem quero. Mas isso não faz com que eu seja menos fake. Todos nós somos, não é?!

ferdi disse...

É...nessa história do fake existe uma linha tênue entre a brincadeira e a sacanagem. Se ficasse só no mundo virtual...o problema é que as pessoas levam isso pra vida.
Beijão!

Quantos?