30/03/2009

Teste das cores

Patrícia

Precisa de ambiente calmo. Quer libertar-se da tensão, de conflitos e desacordos. Está sofrendo de superestimulação contida, que ameaça descarregar-se numa explosão de comportamento impulsivo e arrebatado. É incapaz de envidar o esforço necessário para alcançar seus objetivos. Deseja maior segurança, afetuosidade e menos problemas. Egocêntrico, portanto, ofende-se com facilidade. Insiste em que suas esperanças e ideais são realidade, mas precisa de reafirmação e estímulo. (...) respira

Tensão e ansiedade devidas a conflito entre esperança e necessidade. Este conflito está criando considerável pressão. Em lugar de resolvê-lo, enfrentando corajosamente a tomada da decisão essencial, é capaz de empenhar-se na busca de trivialidades como meio de fuga. Vacilação causando frustração. É impaciente, desordenado e irascível, com tendência a hipertensão ou qualquer com distúrbio cardíaco. Precisa alcançar uma condição estável e tranqüila que lhe permita libertar-se de uma preocupação que talvez o impeça de alcançar tudo o que deseja. O medo da impossibilidade de formular novas metas têm-no levado à ansiedade.

e sobre você? faça aqui

--------------------------
update: é, o texto foi editado. Foi editado porque eu constatei que muito do que foi dito não corresponde à realidade e eu espero que não aconteça, logo, não menciono. Penso que o resultado foi certo em parte, e aí está a parte. E foi equivocado ao afirmar, por exemplo, que tenho apurada noção de detalhes (não, não tenho. Demoro a perceber a real das coisas e das pessoas). Meu amor-próprio não foi diminuído, pelo contrário. Hoje eu me amo e me aceito como sou mais do que ontem. O fato de eu ser egocêntrica também não me isola dos outros. Aliás, questiono essa característica (muitas vezes deixo de fazer algo realmente importante para mim em detrimento de interesses/anseios alheios). Não temo o fracasso, transbordo esperança.

Não acredito em tudo que leio, vejo, ouço. E me sinto à vontade para questionar (e desmontar) tudo, tudo mesmo, como uma criança que pergunta porque o céu é azul. Espero que vocês sintam essa mesma liberdade que eu ou mesmo que não, que me compreendam por isso. Até mais.
.
postagem original:

Como você opera, age, frente aos seus objetivos e desejos:
Precisa de ambiente calmo. Quer libertar-se da tensão, de conflitos e desacordos. Esforça-se por controlar a situação e resolver seus problemas, por um procedimento cauteloso. Tem grande sensibilidade e apurada noção de detalhes. Está sofrendo de superestimulação contida, que ameaça descarregar-se numa explosão de comportamento impulsivo e arrebatado.

Suas preferências reais: É incapaz de envidar o esforço necessário para alcançar seus objetivos. Sente-se desprezado; deseja maior segurança, afetuosidade e menos problemas.A doença física e a tensão excessiva ou o sofrimento emocional foram onerosos. Seu amor-próprio foi diminuído e agora necessita de condições tranqüilas e tratamento atencioso que permitam a recuperação.

Sua situação real: Egocêntrico; portanto, ofende-se com facilidade, o que o deixa bastante isolado em suas ligações.Insiste em que suas esperanças e ideais são realidade, mas precisa de reafirmação e estímulo. É egocêntrico; portanto ofende-se com facilidade.

O que você quer evitar:
Interpretação fisiológica: Tensão e ansiedade devidas a conflito entre esperança e necessidade, seguido de desapontamento intenso.
Interpretação psicológica: O desapontamento e as esperanças irrealizadas têm dado origem a uma incerteza angustiante, enquanto duvida de que as coisas melhorarão no futuro, o que o leva ao adiamento de decisões essenciais. Este conflito entre esperança e necessidade está criando considerável pressão. Em lugar de resolvê-lo, enfrentando corajosamente a tomada da decisão essencial, é capaz de empenhar-se na busca de trivialidades como meio de fuga.
Em suma: Vacilação causando frustração. Interpretação fisiológica: Emoção dominada resultante da tentativa de resistir a qualquer estímulo adicional. É impaciente, desordenado e irascível, com tendência a hipertensão ou qualquer com distúrbio cardíaco.

Interpretação psicológica: A situação é considerada ameaçadora e perigosa. Está ressentido, pois tudo aquilo por que se esforçou tanto está sendo ameaçado, e se desespera porque se vê impotente para imprimir a ameaça - receia um fracasso completo. É incapaz de enfrentar a situação com objetividade, mas está extremamente perturbado e não consegue deixar de procurar eliminar esse entrave aos seus desejos. Está excessivamente abatido e aturdido, possivelmente a ponto de chegar ao esgotamento nervoso.

Em suma 2?: Emoção desesperada. Seu problema real: Precisa alcançar uma condição estável e tranqüila que lhe permita libertar-se de uma preocupação que talvez o impeça de alcançar tudo o que deseja.O desapontamento e o medo da impossibilidade de formular novas metas têm-no levado à ansiedade, a um vazio e a um desprezo inconfessado a si mesmo. Sua recusa em reconhecer essa situação leva-o a adotar uma atitude voluntariosa e desafiadora.

medo, muito medo :O

6 comentários:

Bill Falcão disse...

Cacilda! Deu tudo isso no seu teste??
Volto aqui depois, com mais calma, pra fazer o meu, OK?
Bjooooooooo!!!!!!!!

Mayana Carvalho disse...

ainn vou fazer o meu!
Medo 2

Beijos

Camila Colossi disse...

,que texto massa, como se faz?

ferdi disse...

Vou lá fazer o meu. Adoro testes!
Beijos!!!

LiLi disse...

oi , td bem?
vim aqui visitar o seu cantinho.
nossa, to pasma, meu teste me descreveu....
mto legal hein?! Dorei!

Beijos e ótima semana!

Tataahzinha disse...

Oiiii! Meu blog mudou!
Agora é esse aqui: www.peripeciasdatatah.blogspot.com

Obrigada a todos que NUNCA me abandonaram e estiveram do meu lado mesmo depois do meu afastamento!
Quem me acompanhava, peço que acompanhem no outro e saiam do antigo tá?

e agora.. VAMO QUE VAMOOO que eu to de volta!
beeeijo

Quantos?